O nosso CAO foi correio de natal!

Foi uma breve visita solidária, para um abraço de amizade e de força, numa altura em que a empresa Leal e Soares renasce das cinzas e vai, pouco a pouco, retomando a sua atividade quotidiana. Mas o motivo desta visita, tem mesmo de ser bem contado.

Há meses atrás, a empresa Leal e Soares demonstrou a intenção de assinalar a época natalícia junto dos seus clientes e amigos, com a oferta de um produto solidário da loja iTEM! da CERCIMIRA. Pretendiam oferecer uma lembrança simples e alternativa, que fosse produzida com a colaboração dos nossos Clientes e em quantidade suficiente para chegar a todos os destinatários. Difícil, mas não impossível.

Também é preciso dizer que, desde o passado mês de Maio e ao abrigo de um acordo de parceria com a CERCIMIRA, decorre nesta empresa uma experiência ocupacional que está a ser, simplesmente, maravilhosa para os nossos Clientes. Semanalmente, há um grupo do nosso Centro de Atividades Ocupacionais que vai até à Leal e Soares, onde experimenta como é o ambiente de um trabalho a sério.

Antes que alguém se ponha a pensar mais ao lado sobre estas circunstâncias, é bom que se diga que não: isto não é trabalho, nem é trabalho não remunerado. A atividade proposta é voluntária e ocupacional, tem o acordo da pessoa e dos seus significativos, não tem qualquer objetivo produtivo, não tem riscos de segurança.

O que tem é de benefício para os participantes: enquanto fazem a rotulagem de produtos e a pesagem de adubos com a devida supervisão, vestem a bata da empresa e sentem as responsabilidades, partilham um novo território, em que se sentem valorizados e reconhecidos. Em troca, os participantes contam com umas visitas periódicas a um restaurante local, para uma refeição entre amigos e na comunidade. Como toda a gente faz.

O certo é que o incêndio do passado mês de Outubro, que felizmente passou ao lado da CERCIMIRA, reduziu a escombros a grande parte das instalações desta empresa. E, literalmente, de um dia para o outro, as prioridades transformaram-se em função das perdas e das vidas afetadas.

Ainda assim, os nossos parceiros não baixaram os braços. Ainda assim, encontraram forças para reerguer a sua atividade. Ainda assim, não quiseram interromper a visita semanal dos nossos Clientes.

Assim, foi com todo o gosto que lá fomos oferecer uns postais, representados pelo Fernando, pela Célia e pela Adriana, talvez já com um pouco de natal no coração. Porque a solidariedade é um dos nossos valores e a época também se faz destes momentos.

Se lhe gostou deste conteúdo, partilhe!